quinta-feira, setembro 29, 2005

Missão para breve ou o que custa, em palavras, uma depressão conquistada

Um dia hei-de ter de parar. Hei-de perceber, em comportamento visível, que não basta só virar as costas para resolver outras vidas. Hei-de sentar-me "à mesa" comigo, para tentar descobrir a forma análoga de explicar aquilo que sou e as coisas que me passam pela cabeça a quem não é meu amigo.

Os amigos hão-de ser sempre as pessoas mais preparadas do mundo para tomar conta de mim.

E hei-de gostar de lá estar, e desenhar o brinde de um copo só.

"Ver-te sorrir eu nunca te vi

E a cantar, eu nunca te ouvi

Será de ti ou pensas que tens... que ser assim?..."

1 comments:

Anonymous Anónimo said...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!
I have a selling structured settlement site/blog. It pretty much covers selling structured settlement related stuff.

Come and check it out if you get time :-)

29 setembro, 2005 21:20  

Enviar um comentário

<< Home