sexta-feira, dezembro 16, 2005

E não é que o nosso povo brilha...

... porque sabe resmungar de tantas formas diferentes*, como mais nenhum?

Ai que caraças!
Cruzes canhoto!
Raispeniquem!
Ai que caraitas!
Ando embruxado!
Apre!
Ai que gaita!
Arre porra!
Merda pra isto!
Que bosta!
Granda tanga!
Car*lho!
Caramba!
Ai oh minha Nossa Senhora do Altar Mor!
Cum caneco!
Fónix!
P*ta de vida!
Livra!
Que porcaria!
Ai que horror!
Arre!
Tou farto!
O que me havia de acontecer!
Raisparta!
F*da-se!
Ai que canudo!
Xiça!
Valha-me Deus!
Nunca pior!
Que p*ta de sorte!
Poça!
Foscas!
Só a mim é que esta merda me acontece!
Jasus!
Xiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii!
Tou f*dido!
Fogo!
Car*lho do azar!
Eu não sei onde é que isto vai parar...
Isto tá mau...
Cruzes credo!
Que grande nojo!
Mas que grandessíssima merda!
A vida corre-me bem... (tom irónico)
Por amor de Deus!
Pró que eu estava guardado!
Eu não aguento mais!
Ohhh Diabo...
Isto não é vida!
Miséria!
Que mais me irá acontecer?!
Isto está lindo, está... (tom irónico)
P*ta que pariu!
Como é que é possível?!
Como isto anda...!
Tem algum jeito?
Eu logo vi que isto me ia acontecer!
Car*lhos me f*dam!
Diacho!
Ena pá!
Isto não tá nada fácil...
Que mal fiz eu a Deus para merecer isto?!
Jesus Maria José!
Ai oh meu Deus!
Eu não acredito nisto!
Mais?

* provavelmente a maior base de dados de lamentos de toda a Internet!

8 comments:

Blogger Diana said...

Macacos me mordam!

17 dezembro, 2005 15:34  
Blogger Adriana said...

Parece impossível!

17 dezembro, 2005 16:16  
Blogger A said...

como só vi partes acho que posso por aquela que uso em situações limite:
f*da-se, p*ta que pariu esta merda!!

o preferido da minha mãe:
ai o carvalho!

e o nem sempre actual:
mau mau...

17 dezembro, 2005 22:09  
Anonymous G said...

Só a mim!

18 dezembro, 2005 17:03  
Anonymous G said...

Que cena do caraças!

18 dezembro, 2005 17:03  
Blogger Capitao America said...

Muito bom.

19 dezembro, 2005 10:00  
Blogger Diana said...

Céus!

20 dezembro, 2005 22:40  
Blogger guedes said...

Kua breka...

23 dezembro, 2005 17:45  

Enviar um comentário

<< Home