terça-feira, janeiro 10, 2006

Sensações Estranhas

Conhecer a filha de alguém que, um dia, poderia ter sido a mulher do vosso pai, mas não foi.
Isto foi dos rascunhos mais catárticos que este Desenhoemoldurou.

7 comments:

Blogger Capitao America said...

O quê?

11 janeiro, 2006 10:27  
Blogger Diana said...

É verdade, é isso mesmo que leste.

11 janeiro, 2006 20:35  
Blogger FM said...

O grande choque foi teres percebido mais uma vez que é um milagre existires

11 janeiro, 2006 21:57  
Blogger Diana said...

Suponho que "milagre" tenha sido cortesia tua...

11 janeiro, 2006 21:58  
Blogger FM said...

Não foi com essa intenção. Acho que é um milagre cada um de nós existir individualmente. As hipóteses de não existirmos são muito mas muito mais prováveis.

12 janeiro, 2006 12:06  
Blogger A said...

...mas as hipóteses são iguais às de todos as outras pessoas, logo nada de muito admirável

12 janeiro, 2006 22:02  
Blogger Diana said...

Dado que já aparento existir, apenas quis exorcizar o conhecimento que tenho da existência de alguém que descende de uma pessoa que poderia ter contribuído para que eu não existisse.

Isso, sim, entrou na minha cabeça e revolveu-me as entranhas.

12 janeiro, 2006 22:23  

Enviar um comentário

<< Home