sábado, dezembro 03, 2005

O meu sonho desta noite

Hoje sonhei que estava no meio de uma rixa entre góticos e não góticos. Familiar que chegue. Apesar de o assunto não ter nada a ver comigo, eu acabei por ser responsável por ferimentos num dos protagonistas daquele momento de violência. Aparentemente, aquilo tinha de ser sobre mim. Posto isto e tendo "ganho" a tal rixa, tentei socorrer a vítima do acontecimento, levando-a de taxi, sem dinheiro e, momentaneamente, sem condutora, ao Hospital... Aí, fui perseguida pelos apoiantes e amigos da pessoa ferida, nomeadamente, o João Melo, tentando pôr em palavras que não percebia como me tinha metido naquela situação. Expliquei-lhes que eu não queria nada daquilo. Eu não quis magoar ninguém. Tentei safar-me, mas senti, no sonho, o que era levar um tiro. Uma dor doce e sossegada.

Não sei se morri.
Lembro-me de pensar, no meio dos desenhos do meu inconsciente adormecido: "Isto podia muito bem ser só um sonho..."

4 comments:

Blogger Adriana said...

Que sonho estranho, não percebi essa da condutora. :P
Não sei s teria ficado feliz em ter acordado, dor doce e sossegada parece-me mt bom.

04 dezembro, 2005 14:44  
Blogger Diana said...

Eu não tinha dinheiro para pagar o táxi, e a taxista (e claro que só podia ser uma mulher) não me queria levar. Depois andei a ver se alguém vinha comigo para pagar a viagem... e lá consegui.

04 dezembro, 2005 21:07  
Blogger Capitao America said...

João Melo?

12 dezembro, 2005 10:57  
Blogger Diana said...

E porque não o João Melo?

12 dezembro, 2005 21:14  

Enviar um comentário

<< Home