sexta-feira, dezembro 30, 2005

Teorias sobre o Mundo do Trabalho - A arte de fazer, nada fazendo

O mundo do Trabalho poderia muito bem ter outro nome. Seria perfeitamente legítimo que este se denominasse "O Mundo da Dissimulação". Interessa manter o rótulo original, pois é a sua manutenção que dá sentido à arte de fazer, não fazendo nada.
Esta actividade inclui tudo o que é feito sem estar relacionado com a função do trabalhador, como por exemplo:
  • olhar para o computador e ir clickando aleatoriamente no rato;
  • levantar-se e ir até à mesa de um colega;
  • fumar um cigarro;
  • ver e-mails;
  • enviar e-mails;
  • limpar a caixa de entrada de e-mails;
  • atender e fazer chamadas particulares;
  • afixar coisas na parede;
  • fazer chamadas internas para comentar tolices com os colegas;
  • flirtar com um(a) colega;
  • ir beber o cafézinho para outra sala;
  • arrumar a secretária;
  • fingir que se anda nos corredores à procura de alguém e depois voltar para trás;
  • ...

A dissimulação só é completa se a pessoa que vai mostrando actividade inconsequente acompanhar a acção de frases suspiradas como: "Ai, ai...", "Hoje ainda não parei!" ou "Tenho tanto que fazer...". Enfim, tudo o que mostre claramente uma falsa intenção de trabalhar. Estas pessoas parecem sempre muito ocupadas no seu ambiente de trabalho: a verdade é que normalmente nao têm tempo para (mais) nada.

3 comments:

Blogger Adriana said...

Afinal, acho que quem acabou por ter o estágio mais relacionado com o "mundo do trabalho" fui eu...

30 dezembro, 2005 23:02  
Blogger Diana said...

'Tás preparada para fazer o que muita gente faz... lá isso estás...

30 dezembro, 2005 23:08  
Blogger Adriana said...

e continuo... a preparar-me

30 dezembro, 2005 23:40  

Enviar um comentário

<< Home