quarta-feira, janeiro 18, 2006

O interesse pelo meu desinteresse

De uma forma geral as pessoas são desinteressantes e não há pachorra para as aturar.
Manuela Moura Guedes (1999)
Não podia concordar mais. É a minha opinião e auto-confirmo-a todos os dias. Diariamente, vej0-me mais desinteressante. Desinteressa-me a forma como reajo às pessoas, mais do que às coisas em si. Desinteressam-me os meus gostos, como se eu não conseguisse parar de fazer aquilo de que menos me orgulho. Desinteressam-me os meus prazeres, o que gosto na Vida. O que me faz rir tem cada vez menos interesse para mim e eu acho piada a isso.
Cada vez com menos interesse, revejo-me na vida simples com que sempre sonhei. Cada vez com menos interesse, desinteresso-me pelo tempo de que ainda disponho. A única coisa que me tem interessado é o meu desinteresse por mim e o desinteresse pelo meu interesse pelos outros.
Nota-se, ainda, um crescente desinteresse pela selecção criteriosa das fontes citadas no Desenho. Mas também... o que é que isso interessa?

3 comments:

Blogger Adriana said...

Eu percebi essa da selecção criteriosa... n é p acaso q apareci ali atrás citada...

18 janeiro, 2006 23:27  
Blogger Diana said...

Uou, uou uou! Tu não és uma fonte, és uma inspiração! (pegou?)

18 janeiro, 2006 23:36  
Blogger Adriana said...

(vamos fazer de conta q sim...)

18 janeiro, 2006 23:39  

Enviar um comentário

<< Home