quinta-feira, abril 20, 2006

A maldade do dia de hoje*

Estava eu a ter um dia mais-ou-menos, com tudo controlado, como sempre e como se quer, quando risco o carro do meu pai, em plena condução-quase-parada**. Tenho saudades da razoabilidade da minha vidinha medíocre. Quero voltar a poder dizer "médio", em vez de "não", quando me perguntam "Então, tudo bem?".
Hoje estou feita apenas comigo.

* espero não ferir susceptibilidades com a possível ambiguidade deste post.
** estava, portanto, em pleno processo de encostamento do carro ao muro da casa, uma vez que ainda iria ser utilizado nesta noite.

2 comments:

Blogger Capitao America said...

A culpa não foi tua, quem o mandou sair nessa noite?

21 abril, 2006 11:56  
Blogger Diana said...

A culpa, no fundo, foi tua, porque eu estava a tentar tornar a minha proximidade ao muro competitiva relativamente à que o teu carro tinha.

21 abril, 2006 21:51  

Enviar um comentário

<< Home